Indicadores de integração com a graduação

No que diz respeito à integração com a graduação, o PPGCP-UFPR utiliza de diferentes estratégias para manter alunos de pós-graduação em contato permanente com alunos de graduação. Em 2014 uma das estratégias foi a alocação de atividades de bolsistas em disciplinas de graduação, junto com professores, assim como em tutorias de alunos nas atividades sob responsabilidade dos orientadores. Além dos bolsistas, os demais pós-graduandos atuam em conjunto com alunos de graduação nos grupos de pesquisa coordenados pelos docentes do programa. Ao final dos anos de 2014 e 2015 os resultados puderam ser percebidos no crescimento do número de propostas de trabalhos em eventos acadêmicos em coautorias de pós-graduandos e graduandos.  Além disso, também são ativos os núcleos de pesquisa ligados às linhas da pós-graduação.
Há o Núcleo de Pesquisa em Comunicação Política e Opinião Pública (CPOP), que reúne professores e alunos em atividades permanentes. Também na linha de Comunicação Política e Opinião Pública há pesquisas permanentes desenvolvidas pelo GEIST. Na linha de Instituições e Elites Políticas existe o Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira (NUSP) que produz pesquisas na área de sociologia política das elites e estudos de desenvolvimento econômico. Há, ainda, o Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais (NEPRI), reunindo alunos e docentes ligados à política internacional e comparada. Os núcleos contam com a participação de vários alunos de graduação. Para ser mais específico, os núcleos contam com quinze estudantes de graduação, dos quais onze são bolsistas de iniciação científica. Além disso, os núcleos de pesquisa contam com participação voluntária de estudantes de graduação, em estágios de iniciação à pesquisa. Desses estudantes, espera-se que parte significativa deles entre no Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da UFPR.
Portanto, há intensa participação de alunos de graduação, como pesquisadores, bolsistas de Iniciação Científica ou não, em grupos de pesquisa vinculados às linhas de pesquisa do PPGCP. Essa participação se expressa na produção de papers para eventos e textos para publicação em co-autoria com alunos de graduação e pós-graduação.
Todos os professores da pós-graduação ministram disciplinas na graduação e orientam pesquisas de alunos da graduação e orientam bolsistas de iniciação científica PIBIC/CNPq e Fundação Araucária, mantida pelo governo do Estado do Paraná. Os professores do Programa participam, também, das atividades do NEAB/UFPR (Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros), do PIBID (Programa de Iniciação à Docência da CAPES), assim como de outros Núcleos de Pesquisa da UFPR e de outras instituições de ensino superior brasileiras e estrangeiras.
No final de 2014, como parte da iniciativa de estímulo à integração, alunos de pós-graduação começaram a ajudar alunos da área de ciência política na graduação no projeto de implantação de uma Empresa Junior na área de Ciência Política da UFPR. Com isso, alunos de graduação e pós-graduação trabalharam juntos durante os últimos meses de 2014 para a concretização do projeto e implantação da Empresa Júnior. A partir de 2015 a Empresa Júnior passou a atuar junto ao programa de pós-graduação na assessoria à realização de eventos acadêmicos do programa.

 

 

Estágio de docência 

O estágio docência é uma atividade integrante da formação do pós-graduando em ciência política da UFPR. Ela é desenvolvida em, pelo menos, um semestre do curso, podendo acontecer durante todo o período de formação. Para os alunos do doutorado trata-se de atividade obrigatória. Durante o estágio docência o aluno acompanha o professor/orientador nas aulas da graduação. Vale ressaltar que em cumprimento às determinações legais, os pós-graduandos em estágio docência não assumem atividades na graduação sem que exista uma supervisão direta do professor/orientador.